quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Cibercriminosos vendem dados de 21 milhões de alemães

 

Cibercriminosos que roubaram dados de contas bancárias de 21 milhões de cidadãos alemães estão pedindo 12 milhões de euros (US$ 15,3 milhões) pelo lote de informações.

De acordo com o site The Register, a ameaça de vender o pacote de dados no mercado negro é procedente e para provar a seriedade, os cibercriminosos teriam inclusive preparado um CD de demonstração com os dados completos (nome, endereço, telefone, data de nascimento e números bancários) de 1,2 milhão de contas.

Repórteres investigativos da publicação alemã WirtschaftsWoche afirmaram ter obtido o CD depois de se encontrarem com criminosos envolvidos no roubo, disfarçados de potenciais compradores para o lote.

A revista afirma que caso o lote seja vendido, três em cada quatro alemães podem temer desvio de dinheiro de suas contas sem qualquer autorização, ou até mesmo sem notar que aconteceu.

Com o preço, cada identidade valeria cerca de 55 centavos de euro, um valor baixo comparado ao cobrado por cada registro vendido em pequena quantidade no mercado, explicou um analista da Gartner Research, que afirma que informações de uma conta podem chegar a custar US$ 1 mil, noticiou o site ITWorld.

Fonte:Magnet

Att

Juliana Prado Uchôa

Microsoft Student Partner

Líder do grupo CHANNEL TI

Um comentário:

Oscar de Castro Silva disse...

preciso de ajuda, o windwos ezplrorer nao abre o meu blog, o 1que faço.
www.oscardecastrosilva.blogspot.com